Sempre Viva (2015)

www.youtube.com Compartilhe

Na Serra do Espinhaço, em Minas Gerais, comunidades tradicionais defendem seu direito de manejar as campinas onde há séculos colhem flores sempre-vivas e criam gado. Nos últimos anos, a criação de parques de conservação integral na região interditou o acesso dos apanhadores de flores a seus territórios.

Direção, produção e pesquisa: Tiago Carvalho
Fotografia: Paulo Castiglioni
Som direto e Mixagem: Guilherme da Luz
Produção Local: Toquim Tatu
Roteiro: Tiago Carvalho; Claudio Tammela
Edição: Claudio Tamella
Trilha Original: Pedro David
Produção: Articulação Nacional de Agroecologia; Curta Agroecologia


Ficha
  • Autoria: Tiago Carvalho; Paulo Castiglioni; Guilherme da Luz; Toquim Tatu; Tiago Carvalho; Claudio Tammela; Pedro David
  • Entidade: Articulação Nacional de Agroecologia; Canal Saúde
  • Tipo de Entidade: Acadêmica, ONG, Produtora audiovisual
  • Ano: 2015
  • Duração: 23 minutos

Localização
  • Comunidade(s): Serra do Espinhaço; Mata dos Crioulos; Vargem do Inhaí; Braúnas; Boa Vista; São João da Chapada; Macacos; Raiz; Galheiros; Capivari; Campo São Domingos; Campo João Alves; Pé-de-Serra; Lavras; Santa Rita e Curimataí
  • Cidade(s): Porteirinha; Mato Verde; Espinosa; Olhos-d'Água e Monte Azul.
  • Sub-bacia(s): Rio Verde Grande
  • Estado: BA, MG
  • Bioma: Caatinga, Cerrado

Povos e Comunidades Tradicionais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *