Maracatu no Brejão dos Negros

O Baixo São Francisco é uma região de intensa ocupação tradicional por pescadores artesanais, cujas identidades são múltiplas, relacionando-se com povos indígenas, quilombolas, entre outros. Esta imagens são o resultado da oficina de vídeo no município de Brejo Grande. O som e a história de uma das mais antigas manifestações culturais da comunidade quilombola do município ribeirinho de Brejo Grande, Sergipe. “Rei” do maracatu, o senhor Adalto do Carmo brinca o maracatu há quase 70 anos e continua lutando para não deixar esse grupo folclórico morrer. Seu sentimento é compartilhado: “Não existe comunidade sem cultura. E o maracatu é a cultura do Brejão”, opina a senhora Maria Pastora dos Santos, que vivencia o maracatu desde a infância.

+ SIGA O BEIRAS NO INSTAGRAM e acompanhe as indicações de filmes e coleções enviadas semanalmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *