Sons do Sertão: Várzea Queimada, 2017

www.youtube.com Compartilhe

Identificar, capturar e instalação dos sons do Sertão

O Projeto “Biblioteca Sons do Sertão” tem como objetivo identificar o sertão pela paisagem sonora, é um projeto que tem 3 momentos, identificar, capturar e instalação dos sons, um momento importante para o sertão e o campo pois quebra com a lógica de que instalação de sons é do meio urbano.

O MPA entende que o som é uma ferramenta importante para o resgate da história do povo e seu lugar, compreende também da nescidade de munir principalmente a juventude das experiências sonoras não só como ouve o som, mas que produz, explica a jovem camponesa e dirigente do MPA Vani Souza.

“Acho que tem que ir por esse caminho mesmo! Lembrando que instalações também são espaços de poder, antes só aconteciam em museus de arte, para a elite artística, e aos poucos isso foi sendo rompido e a instalação passou a ser realizada em espaços urbanos abertos. Agora realizar instalações no espaço rural é ainda mais político! Temos que entender que a produção artística do campesinato é vista como inferior pelos guardiões da moral do que que é arte e a gente tá tentando romper com isso sempre”, afirma Camila Machado, idealizadora do projeto e apoiadora do Movimento.

Biblioteca de Sons do Sertão é um projeto pelo Rumos Itaú, e como proponente TROTOAR e uma realização do MPA.

Este vídeo é fruto das 1ª etapa das oficinas gravada na Comunidade Quilombola de Várzea Queimada – Caém-BA . Na 2ª etapa a proposta é trabalhar com os jovens camponeses a captação de áudio do sertão, a edição de áudio e realizar a instalação cultural. Será também um momento de dialogo sobre a comunicação popular e o experimento da instalação de uma Rádio Poste nessas comunidades.

+ SIGA O BEIRAS NO INSTAGRAM e acompanhe as indicações de filmes e coleções enviadas semanalmente.


Ficha

Localização
  • Comunidade(s): Várzea Queimada; Jacobina
  • Cidade(s): Caem
  • Sub-bacia(s): Salitre
  • Estado: BA
  • Bioma: Caatinga

Povos e Comunidades Tradicionais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *