Sub-Bacias Pajeú

"Pajeú" deriva do tupi antigo paîé'y, que significa "rio dos pajés", através da composição de paîé (pajé) e 'y (rio).

"Pajeú" deriva do tupi antigo paîé'y, que significa "rio dos pajés", através da composição de paîé (pajé) e 'y (rio).

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o rio nasce na serra da Balança, no município de Brejinho, próximo à divisa entre os estados da Paraíba e Pernambuco. O riacho do Navio — famoso em virtude da canção de Luiz Gonzaga e do livro Caminhos do Pajeú do escritor Luís Cristóvão dos Santos — é um de seus afluentes. Nas margens do rio Pajeú, encontramos as cidades de Itapetim, Tuparetama, São José do Egito, Ingazeira, Afogados da Ingazeira, Carnaíba, Flores, Calumbi, Serra Talhada, Floresta e Itacuruba, todas no estado de Pernambuco. Nesta última cidade, o rio se encontra com o rio São Francisco, do qual é afluente.

É um rio sazonal que abastece 28 municípios.