Destaque Um rio para Oxum

O rio dos encantados, forças indígenas das águas e de suas cachoeiras, também é o rio de Oxum.

O rio dos encantados, forças indígenas das águas e de suas cachoeiras, também é o rio de Oxum.

O processo de colonização escravista e ao mesmo tempo de resistência, fez chegar às margens e regiões próximas ao Rio São Francisco, os grupos negros de descendência africana. Hoje, trata-se de uma Bacia Hidrográfica com uma das maiores ocupações negras do Brasil.

Os anos de 1990 marcam a intensificação de demandas de reconhecimento de diversas comunidades negras da Bacia como quilombolas e povos de terreiros, sobretudo em virtude da criação da Fundação Cultural Palmares, responsável por diversas políticas públicas instituídas pelo Estado.

Nesta rota divulgamos alguns filmes que revelam as identidades negras conectadas por estas águas. Uma viagem que vai de afluentes lá em Belo Horizonte (MG) até a foz, mas pelo canais da transposição visita também o processo de reconhecimento de comunidades negras no Cariri Cerense.

Curadoria e texto: Bernardo Vaz

+ SIGA O BEIRAS NO INSTAGRAM e acompanhe as indicações de filmes e coleções enviadas semanalmente.