Curadorias Saberes da Terra

O uso dos saberes da terra na manutenção da vida

O uso dos saberes da terra na manutenção da vida

A agroecologia busca usar conhecimentos no que diz respeito a solo, frutos e vegetais. Conhecimentos esses que podem também ser ancestrais, passados de geração para geração, sempre tendo em mente que a natureza e os recursos naturais devem ser mantidos e priorizados. Desse modo, novas tecnologias de cultivo e manejo precisam ser usados e reinventados para que as práticas agrícolas possam se manter até nos climas mais adversos.
Por ser um estudo, a agroecologia precisa estar sempre experimentando e o curta “Transição” realizado na Paraíba no município de Massaranduba é um registro simples, mas com uma potência em seu discurso que comprova o quanto a agroecologia é necessária nos tempos atuais. O curta retrata através de entrevistas o quanto o cuidado da terra e as novas tecnologias que a agroecologia proporciona permite que os pequenos agricultores possam ter uma melhor qualidade em suas plantações e consequentemente em sua qualidade de vida.
É possível também o uso consciente nas técnicas de piscicultura e o curta documentário sobre a Associação de Pescadores da Lagoa do Juara é um exemplo disso. O sistema de cooperativa só é possível através de incentivo e da capacitação o que é essencial para aqueles que fazem parte da cooperativa. O retorno não é apenas financeiro, tendo em vista que toda a comunidade é beneficiada. “Caravanas agroecológicas” é uma breve amostra do que a ANA (Articulação Nacional de Agroecologia) junto com parceiros locais articularam por vários estados e comunidades. As Caravanas é uma vivência de troca de saberes onde aqueles que participam conseguem aproveitam ao máximo os conhecimentos e experiências um dos outros.
“Por que não o paraíso?” começa com uma pergunta e nos traz uma resposta, através da visão de mundo de Marsha Hanzi e do seu sonho de construir um Jardim em um solo infértil. A premissa parece de conto de fadas, beirando ao impossível, mas não é isso que a obra dirigida por Tatiana Devos Gentile nos mostra. O Epicentro Marizá, sítio agroecológico no sertão da Bahia, é desmistificado nesse breve documentário, através das entrevistas dos agricultores que trabalham no local e através também da fala de Marsha Hanzi e na sua crença de que até do solo mais pobre é possível construir um Jardim e dar origem a um Paraíso.