Povos e Comunidades Tradicionais Canoeiros

O canoeiro era da roça e garantia sua sobrevivência por meio da pesca e do trabalho na terra, principalmente na agricultura de vazante.

O canoeiro era da roça e garantia sua sobrevivência por meio da pesca e do trabalho na terra, principalmente na agricultura de vazante.

O canoeiro era da roça e garantia sua sobrevivência por meio da pesca e do trabalho na terra, principalmente na agricultura de vazante. A canoa era o instrumento de trabalho dos pescadores, do roceiro e era instrumento de identidade barranqueira. O cavalo era utilizado na roça e a canoa era do trabalho das águas. A atividade com a canoa complementava a renda, mas o canoeiro não era uma categoria social do trabalho.

Fonte: Navegantes da integração: os remeiros do São Francisco, de Zanoni Neves. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2a. ed., pp. 11-113, 2001.