Curadorias Águas de um rio vivo

Um rio que vive e sobrevive através dos povos

Um rio que vive e sobrevive através dos povos

A importância do Rio São Francisco não pode ser dada em unidades de medidas, porcentagens ou em seu potencial hídrico. O rio vive através dos povos que encontram formas diversas de convivência com suas águas. São essas pessoas que merecem contar e recontar a história do rio.

Em “As Lendas do Velho Chico” produzido pela Companhia de Teatro Mistura, as antigas lendas e mitos desse grande Rio são dramatizadas pelos atores. Lendas que assustaram pessoas no passado, mas que também trouxe respeito as águas desse rio.

Ainda falando de mitos e da resistência das histórias das águas temos o documentário “As Carrancas do Rio São Francisco” um registro através de imagens e reportagens sobre um dos patrimônios mais ricos do Velho Chico.

“Águas, Povos e Tradições” volta a realidade e mostra a relação dos povos tradicionais com as águas. Uma relação de troca que exige desses povos um conhecimento e respeito com o rio e com as antigas tradições que são passadas de uma geração a outra.

“Pescando Liberdade” busca fazer o mesmo, mas vai além, mostrando a luta pela resistência em manter viva não apenas as tradições daqueles que necessitam das águas do rio, mas também na luta de manter o próprio rio vivo, uma vez que o Rio São Francisco está sempre na mira das grandes indústrias.

Curadoria: Marina Santiago
Edição: Bernardo Vaz